Eliana Tomaz

À Mesa Da Filomena | Sopa Alentejana.

À Mesa DeEliana TomazComment

É com este prato muito tradicional que inicio mais uma rúbrica deste blog – Á Mesa De.


Apresento a mesa da Filomena, que adora cozinhar e providência verdadeiros repastos aos seus convidados com toda a elegância, ainda que se trate dum simples caldo alentejano.  Obrigada e até breve. 

Pois é, acompanhei a minha sopa com vinho tinto. Bem sei que devia considerar um branco, mas quando a comida é assim, confortável e confortante, a mim pede-me sempre um tinto. 

Por incrível que pareça, durante os 11 dias que estive no Alentejo comi mais do mar do que da terra. Berbigão, ostras, salmão, anchovas, polvo, pescada e como não podia deixar de ser, bacalhau!
Pela primeira vez provei a famosa Sopa Alentejana. Já tinha ouvido falar dela, mas não me tinha suscitado muita curiosidade uma vez que não sou grande apreciadora de caldos e sopas.
A verdade é que me tornei fã – esta sopa, só não é fácil de fazer (ou pelo menos parece) como é deliciosa, confortante e riquíssimo em sabores variados.
Adorei o sabor e textura do queijo de cabra fresco depois de cozinhado à volta daqueles coentros e espinafres. Ovos escalfados, nunca digo não: é provavelmente a forma de os cozinhar que mais aprecio.

Antes de passares à receita, aprecia bem esta mesa imaculadamente bem-posta. Tão serena que dá vontade reproduzi-la todos os dias. Bom apetite!

Modo de Preparação:
Numa panela refoga-se uma cebola, alhos e azeite virgem extra. Quando estes 3 ingredientes estiverem os sabores bem envolvidos, juntar um ramo de coentros cortado aos pedaços grandes – folhas e caules. Mexer bem, juntar os espinafres e água q.b..
Entretanto adicionar as postas de bacalhau. Uns minutos depois juntar o queijo fresco de cabra cortado aos quartos e abrir os ovos lá para dentro. Verificar sal. Deixar cozinhar até que os ingredientes fiquem no ponto que consideras o perfeito.

NOTA: tanto os coentros, espinafres como o bacalhau libertam muita água. Para o caldo ficar com a consistência certa, não juntes muita água à cozedura.

Ainda na panela depois dos ingredientes estarem todos juntos.