Eliana Tomaz

Tártaro de Salmão.

Eliana TomazComment

Fã incondicional de sushi (e de peixe cru em geral) - portanto nada melhor que começar este blog com um tártaro de salmão que, por acaso, leva alguns ingredientes sempre presentes na cozinha japonesa. 
Devo esta receita ao meu amigo, ele também fã de sushi e um verdadeiro chef.

Este tártaro é bom para entrada, mas eu confesso que faço dele refeição principal, como foi o caso de hoje. É rápido de executar e do mais fácil que possas imaginar - só precisas de cortar o salmão aos cubos muito pequeninos e o alho francês às rodelas fininhas. Os molhos é ir misturando até o sabor ser exactamente a teu gosto. Se tiveres convidados, garanto-te que só vão gostar - não há espaço para menos.

A minha dica em relação às quantidades: nunca sigo à risca - vou misturando aos bocadinhos e provando até chegar ao ponto que acredito que se consegue sentir os vários paladares. Tento memorizar para da próxima vez melhorar, mesmo se se tratar dum belo guisado. 

INGREDIENTES:
Salmão limpo sem espinhas nem pele
Alho francês
Molho com mostarda e endro (à venda no IKEA)
Molho de soja
Wasabi

MODO DE PREPARAÇÃO:
Corta o salmão em quadradinhos muito pequeninos - coloca numa taça, de preferência de inox para manter o frio
Corta o alho francês em rodelas extra finas e junta ao salmão
Junta umas colheres de chá de molho de mostarda e endro
Adiciona o wasabi ao molho de soja e mexe até se dissolver - depois dos 3 primeiros ingredientes estarem bem misturados, adiciona duas colheres de chá deste segundo molho

Vai provando até atingires o paladar que pare ti é perfeito. 

Para acompanhar, não há nada melhor que tostinhas e claro, um bom vinho branco bem fresquinho. Eu escolhi uma Quinta do Carmo do Alentejo - para mim é sempre uma escolha segura.

Bom apetite e não te esqueças de saudar à Primavera, que finalmente está para ficar.

Os objectos também têm história, e por isso, deixem-me partilhar a origem destes:

Foto 1
Tábua que comprei na Skeidar na Noruega, com prato de cerâmica que encaixa de lado.
Taças chinesas de arroz herdadas da minha mãe
Colher de pau compradas no IKEA
Pauzinhos que comprei em Tóquio

Foto 2
Tabuleiro em pau rosa comprado em Seoul em 1984, também herdado da minha mãe
Taças brancas do IKEA
Copo para vinho branco do IKEA 
Colher com missangas de vidro comprada no museu Victoria & Albert em Londres
Guardanapo da Marimekko