Eliana Tomaz

A Importância De Ter Uma Designer De Interiores.

Eliana TomazComment
image.jpg

Nos dias que correm ter uma designer de interiores é um luxo (se é que alguma vez o deixou de ser) – mas não é! Ter uma designer de interiores, principalmente quando há obras implicadas no projecto, é a mesma coisa que ter a melhor amiga, se não a mãe, a zelar pelos nossos interesses, pela poupança e pelos ataques de nervos que serão evitados.
Como noutras áreas que impliquem prestação de serviços, ou mesmo de produtos, é parecido a ter um advogado ou um contabilista. Qualquer um de nós pode (ou deveria poder) representar-se em tribunal ou fazer a nossa escrita organizada, mas a verdade é que não sabemos os trâmites em que estes mundos se movem. No design de interiores acontece o mesmo – por mais que saibamos o que gostamos de ter em casa ou a melhor forma para nos dar o conforto que precisamos, ter uma designer que gere tudo isso vai trazer-lhe as melhores soluções tanto nos serviços como nos produtos (e definitivamente poupar dinheiro).

O trabalho dum(a) designer passa por editar uma panóplia de artigos novos para a casa, fazer a lista de trabalhos e a sua timeline de execução, pedir repetidos orçamentos para a mesma tarefa de forma a ter a certeza que os valores são justos (chegamos ter diferenças de 400% nos valores finais) e aquela que ninguém conta mas que deve ser a mais difícil – gerir os sub-empreiteiros em obra!

Comecei a fazer remodelação de interiores em 2001 ainda a construção estava em alta e até hoje, ainda que tenha feito um interregno de anos, não há um único sub-empreiteiro que siga à regra o que lhe foi pedido e orçamentado. Todos, sem excepção, fazem questão de NÃO fazer o que lhes foi pedido e todos saltam tarefas/produtos que lhes foram exigidos, tudo porque “eles é que sabem”!

É uma guerra, acredita! Daquelas que o melhor mesmo é vestir o *uniforme e mostrar afinal quem manda. Ser mulher não é fácil, mas mais difícil ainda é ser designer de interiores – o que vale é que um *batom e uns *saltos-altos ainda conseguem manter o respeito.