Eliana Tomaz

Herdade Da Malhadinha Nova | A Vida Com Estilo É Mais Chic.

Eliana TomazComment

Antes de falar da Herdade da Malhadinha Nova tenho de dizer o que é que o Alentejo é para mim - horizontes infinitos que me convidam a nunca desistir dos meus sonhos porque um horizonte é sempre um lugar possível de atingir e cuja beleza é, quando chegarmos lá temos outro para conquistar.

Já que falo de horizontes e da Malhadinha Nova parece-me bem fazer o paralelismo entre ambos – esta Herdade situada em Albernoa no Baixo Alentejo é a inspiração para darmos sempre o melhor naquilo que nos propomos fazer, é aquele lugar que foi possível conquistar e que convida a chegar ainda mais longe. 

Há uns meses fui passar 11 dias ao Alentejo com a Rita, amiga de infância mas que viveu na capital do Baixo Alentejo muitos (mesmo muitos) anos. O Alentejo está para ela como Londres está para mim e portanto tudo o que é segredos que só os residentes locais conhecem, eu também passei a conhecer (mas esses ficam para falar noutra altura).
Um dos planos da nossa viagem era visitarmos aquelas que achávamos ser as melhores Herdades alentejanas, tipo Wine Trip. Fomos ao Rocim, aos Grous, Sabrosa e claro, Malhadinha Nova que partilho convosco de sorriso de bochecha a bochecha por ser um espaço realmente lindo, super stylish e deveras chic. 

Assim que chegamos passámos pelo restaurante (convencidas que ainda íamos petiscar qualquer coisa mas àquela hora a cozinha já estava fechada). Decidimos então assinar a visita guiada à Herdade com a prova de vinhos no final.

Tivemos a sorte de ter a simpática Elisa Costa, Wine Tourism Manager, a guiar-nos de Land Rover Defender herdade fora. Um prazer ouvir cada detalhe que nos explicava deste projecto inovador em terras alentejanas.  

Na parte de trás do alojamento encontra-se a piscina, jacuzzi e alpendre que fará qualquer mortal esquecer-se da rotina do dia-a-dia. 

Acabámos a visita no alojamento – pequenos apartamentos decorados com muita sabedoria onde cada detalhe da tradição portuguesa é realçado com muita elegância.

Na zona comum está um bar, cozinha e mesa para quem quiser partilhar e uma zona de estar com uma lareira alentejana (que um dia eu terei num apartamento em plena Lisboa). 

Acabada a visita à herdade voltámos ao restaurante para a prova de vinhos e para uma tábua de queijos e enchidos (e ainda comprámos umas garrafas para trazer para casa).

Portugal também é isto – inovação nos produtos e prestação de serviços.
É nestes empreendimentos que nos devemos inspirar porque o homem não vive (só) da saudade. 

#makelifefun #alentejolovers #portugallovers 

NOTA - Podia contar-te que no topo das carreira de vinhas há um pé de rosas, que a herdade tem 450 hectares dos quais 35 são vinha (27 a produzir em pleno), 65 hectares de oliveira galega que dá um azeite de alta qualidade (0,3% de acidez) e que ainda alberda 3 barragens, cavalos lusitanos e porco preto para dar e vender mas o melhor mesmo é passares por lá e ouvires tudo isto dos experts, porque eu sou uma mera curiosa.