Eliana Tomaz

PENSAR MUITO | Às Vezes Não É Solução.

Eliana TomazComment

Desde 2011 que tenho, ou melhor, tinha escondida uma tela que comprei em Tóquio. Há 3 anos guardada, de vez em quando revisitada, à espera da solução perfeita (whatever that means) para a exibir cá em casa.
Pensei mandar fazer uma moldura gigante, depois imaginei pregá-la num painel de madeira, também imaginei fazer uma manta para pôr aos pés da cama e ainda me ocorreu fazer um vestido – 3 anos a mastigar um “projecto”!

image.jpg

Ontem tropecei novamente no tecido e finalmente decidi dar-lhe vida no meu quarto. Preguei-a na parede com vista para uma ponta da Ponte 25 de Abril, sem molduras nem painéis, sem perfeição só mesmo com pioneses! Lindo, não é? 
Um dia destes, talvez volte a achar necessário emoldurá-lo - para já acho que assim é que está bem. 

image.jpg

Mesmo com as pontas esfareladas, tal e qual como foi cortada na loja, o meu quarto ganhou uma nova história. 

image.jpg

Painel com 1,10x0,90 mt desenhado por Hitomi Fujita para QH Textiles, The Dark Blue Bird, by Edward Lear, cadeira de Ron Arad para Kartell, tela preta e candeeiro de papel ambos IKEA.