Eliana Tomaz

A Casa da Ana | A Elegância e a Liberdade.

A Casa DeEliana TomazComment

Quando se entra na casa da Ana e do Sérgio a primeira palavra que vem à cabeça é elegância, mas não é aquela elegância que estamos habituados a ver - é uma elegância com um je ne sais quoi sauvage onde a liberdade se sente e quer ficar.

É um apartamento grandioso em Telheiras com vistas ricas sobre Lisboa, janelas enormes que trazem o céu e o sol para dentro de casa, pormenor que todos lá em casa gostam.
Colorido por uma paleta de cores equilibradas, entre os dourados e os prateados, enaltecidos com veludos e tafetás, é um composto de espaços que abraçam.
É uma casa calma, tão calma como imagino o deserto africano naqueles fins de dia serenos de cores aconchegantes. 

Diz a Ana que nesta casa só falta uma coisa - um closet, que infelizmente não foi premitido devido à estrutura do apartamento, mas garanto que ninguém dá por falta dele. Nesta casa quase nos perdemos entre a sala de estar, jantar, cozinha, salinha de TV e escritório cheio de troféus da Campeã Mundial de Field Target 2012 (Noruega) e Campeã Europeia 2014 (Estónia) da mesma modalidade - é isso mesmo, uma mulher de armas, sem tirar nem pôr.

Há tanto mais para contar e mostrar da casa da Ana, mas por agora fica aqui a minha primeira selecção. Durante os próximos dias acompanhem I Design Therefore I am para mais pormenores contemporâneos com um twist étnico de quem aprecia a Natureza duma forma discreta.

O Sakitas (AKA Osaka) é um dos membros da familia. Podia achar-se que as tonalidades da casa foram escolhidas por ele, mas não, é um gato Exótico que para além de ser um fofo remata toda a elegância que por ali se vive. 

O Sakitas (AKA Osaka) é um dos membros da familia. Podia achar-se que as tonalidades da casa foram escolhidas por ele, mas não, é um gato Exótico que para além de ser um fofo remata toda a elegância que por ali se vive. 

As referências africanas são encontradas pela casa com muito savoir-faire: discretas mas que se notam pela força que transmitem.

As referências africanas são encontradas pela casa com muito savoir-faire: discretas mas que se notam pela força que transmitem.

Peles de Orix, o antilope mais abundante na Namibia e simbolo deste país de onde o casal trouxe grandes e boas memórias.

Peles de Orix, o antilope mais abundante na Namibia e simbolo deste país de onde o casal trouxe grandes e boas memórias.

Uma imagem aparentemente simples, mas que precisa de mais tempo para ser apreciada. Primeiro olhemos para a mesa: simplesmente grandiosa, com um pé central com tanto movimento como aquele que gostamos de sentir quando rodeados por amigos e familia num jantar. E agora apreciemos o candeeiro: contemporâneo de inspiração marroquina, abat-jours perfurados fazem umas sombras lindas espalhadas pelas paredes e tectos. 

Uma imagem aparentemente simples, mas que precisa de mais tempo para ser apreciada. Primeiro olhemos para a mesa: simplesmente grandiosa, com um pé central com tanto movimento como aquele que gostamos de sentir quando rodeados por amigos e familia num jantar. E agora apreciemos o candeeiro: contemporâneo de inspiração marroquina, abat-jours perfurados fazem umas sombras lindas espalhadas pelas paredes e tectos. 

Este armário foi desenhado pela Ana - forrado a veludo dourado, com os apoios para as armas. Acreditem que até eu pensei dedicar-me ao Field Target só para ter razões para ter um igual em minha casa. Lindo não é?

Este armário foi desenhado pela Ana - forrado a veludo dourado, com os apoios para as armas. Acreditem que até eu pensei dedicar-me ao Field Target só para ter razões para ter um igual em minha casa. Lindo não é?

Adorei quando a Ana me disse que tinha o caderno com as notas todas do projecto de interiores da casa. Nesta página estão os pormenores para a construção do armário da imagem de cima tão detalhados como as carabinas que alberga todos os dias. 

Adorei quando a Ana me disse que tinha o caderno com as notas todas do projecto de interiores da casa. Nesta página estão os pormenores para a construção do armário da imagem de cima tão detalhados como as carabinas que alberga todos os dias. 

Quem me conhece sabe que adoro a mistura subtil de estilos, e na casa da Ana esses toques encontram-se. Esta banqueta de formas elevadas encontra-se no escritório - forrada a seda e decorada com almofadas de pele é um objecto de inspiração.

Quem me conhece sabe que adoro a mistura subtil de estilos, e na casa da Ana esses toques encontram-se. Esta banqueta de formas elevadas encontra-se no escritório - forrada a seda e decorada com almofadas de pele é um objecto de inspiração.

Lanternas compradas em Estocolmo trazem à salinha da televisão a luz necessária para ver um filme romântico dos anos 50, não acham? 

Lanternas compradas em Estocolmo trazem à salinha da televisão a luz necessária para ver um filme romântico dos anos 50, não acham? 

Uma Marie Antoinette contemporânea adoraria atirar-se para cima desta cama cheia de almofadas delicadas e sumputosas - ADORO! (Quarto desenhado pela Sá Aranha Vasconcelos)

Uma Marie Antoinette contemporânea adoraria atirar-se para cima desta cama cheia de almofadas delicadas e sumputosas - ADORO!
(Quarto desenhado pela Sá Aranha Vasconcelos)