Eliana Tomaz

St John Bread and Wine | British Chic.

À Mesa DeEliana TomazComment

Se eu tivesse de escolher somente três coisas que seriam o meu único alimento para sempre, garantidamente que seria

pão, manteiga e café,

mas devo dizer que o vinho ficaria de fora a muito custo.

O

St John Bread and Wine

faz-me sempre lembrar este conceito das 3 melhores coisas "gourmet" do mundo. Têm uma selecção de vinhos fantástica e o pão... meu deus, o pão! É do melhor que se encontra no centro de Londres. Ía lá 2 a 3 vezes por semana buscar aqueles enormes

home made loaf of bread.

O espaço é super British Chic. Decorado com cadeiras e mesas de formas muito simples, a sala tem até um ar de cantina. O facto das janelas estarem a uma cota mais alta do que o standard dá a privacidade aos clientes, facto que em Londres é muito solicitado. Os guardanapos cheiram a lavanda (talvez até british lavander, who knows?) e o chão  em forma de zig-zag é em madeira recuperado.

O serviço é top e exclusivamente British (é normal encontrarmos latinos e outras nacionalidade a servir às mesas de Londres, mas no St John podemos fazer conta somente com

Britain on its best

). O chefe de sala, muito engraçado, tinha um

accent so

Scottish

I could marry him...

Já não é novidade, mas este deve ter sido um dos primeiros restaurantes que me deu a conhecer há alguns anos atrás que os menus só não são alterados todos os dias como ainda, durante o dia há trocas espontâneas, providenciando aos seus clientes o fator surpresa e confiança que em serviços qualificados ficam sempre muito bem.

A organização faz-me bem à alma, e é de apreciar estes copos meticulosamente organizados à espera de novos clientes, não é?

O branco e a madeira são a constante dos interiores que trás todo o equilíbrio desejado enquanto se saboreia uma boa refeição, seja sozinha (como eu) ou acompanhado por amigos ou familiares.

Tudo ao pormenor, começando pela água, que diz vir duma fonte qualquer do Reino Unido, mas não se sabe qual.

Earl Grey, please.

O pão delicioso que confortava as minhas manhãs (e às vezes noites) na ilha de Sua Majestade

PS - A directora da

Whitechapel Gallery

Iwona Blazwick faz questão de ir lá tomar o seu branch aos Domingos. Whoever wants to mingle with her should drop by.