Eliana Tomaz

Serpentine Gallery | Sou Fujimoto - 3D Notebook Grid.

Eliana TomazComment
Todos os anos, desde 2000 que a Serpentine Gallery promove o Summer Pavilion. Provavelmente é o projecto de arquitectura mais conhecido em todo o mundo promovido por uma galeria de arte contemporanea.

Desde 2005, quando me mudei para Londres, que tenho o privilégio de acompanhar este projecto de perto. Neste mesmo ano foi quando Álvaro Siza e Souto Moura foram os arquitectos convidados.

O projecto consiste numa ideia muito simples: um arquitecto ou equipa de arquitectos que nunca construiram nenhum edificio em Inglaterra são convidados a desenvolver uma estrutura temporária nos jardins de Kensington ao lado da galeria. Essa estrutura deve albergar um espaço para um pequeno café e lugares sentados para acolher todos os eventos que são celebrados durante os meses de Primavera/Verão (de três a seis meses), como seminários, discussões, apresentações e outras conversas interesantes à volta da arquitectura dos dias de hoje.

Este ano foi Sou Fujimoto o convidado. É um dos projectos mais bonitos que algum vez vi - um conjunto de simplicidade e complexidade dificeis de explicar mas maravilhoso de explorar. Para amantes de arquitectura e criativos, é o melhor projecto que podem visitar este Verão. Vai ficar em exposição até ao dia 20 de Outubro, e pelo que pesquisei há uns anos, quando desenvolvia um dos meus projectos da faculdade à volta de museus e galerias, estas estruturas são leiloadas (geralmente a particulares) e o dinheiro angariado é para aplicar na galeria, que tem entrada gratuita em todas as exposições durante todo o ano.

Parece um caderno quadriculado tridimencional que compõe uma estrutura matemática de resultado simples mas um desenvolvimento complexo.

A entrada é convidativa.

Uma janela aberta quase perdida nos calculos efectuados.

O pormenor da planta delineado com cascalho solto abraça toda a simplicidade da estrutura.

Miudos que brincam como eu brincava em miuda mas em estruturas mais modestas que esta. Um regalo! 

Este conjunto de discos acrilicos sobrepostos meticulosamente compoem o tecto de algumas partes do edificio. 

À volta do pavilão ainda se encontravam mesas e cadeiras para quem quiser apreciar a estrutura de fora. 
E porque a segurança nunca deve ser descurada aqui está o inicio da experiência.

Mais um pormenor de segurança. Porque é uma estrutura muito uniforme, é muito fácil perder "o solo".

Os degraus que são assentos e que são degraus. Interacção na sua essência.
OTHER SUMMER PAVILIONS
by Herzog & de Meuron and Ai Weiwei completamente revestido em cortiça do grupo Amorim.
by Peter Zumthor
by Jean Nouvel

Em 2010 a Victoria & Albert Museum expôs uma serie de edificios à escala 1:1 onde podiamos ver o trabalho de Sou Fujimoto. As transparências são uma constante no seu trabalho. Cliqua aqui para ver.