Eliana Tomaz

Herbs & The Beauty To Have Them Grow.

Eliana TomazComment
Sou uma apaixonada por Urban Gardens e agora que tenho um apartamento com muita luz e varanda, tenho aumentado os pequeninos jardins cá em casa (pequeninos jardins = vasos).

Tenho sucesso com árvores (tenho uma oliveira na varanda muito pequena que promete vir a dar muitas azeitonas para os meus Martinis) e tenho sucesso com plantas.

No que toca a ervas aromáticas já percebi que para mim, a dificuldade em tê-las à mão se semear para as saladas e pastas favoritas é muito alta. Tenho até consciente que pode ser sem duvida um problema energético, mas não vou desistir enquanto não explorar as técnicas todas.
Já tentei (quase) tudo: muita luz, pouca luz; muita água, pouca água; sol, sem sol; no alto, em baixo; muita terra, pouca terra. Até já comprei aqueles kits do IKEA (vasos, terra, sementes e instruções?), mas não consigo mantê-las.

A semana passada vi este produto no Design Museum em Londres e voltou a dar-me vontade de tentar o cultivo destas especies. Já o conhecia, mas não lhe dei a importância que realmente pode ter. Sendo que a função mais importante do design é resolver necessidades, voltei a acreditar que há uma grande chance ter ervas aromáticas frescas cá em casa.

Alguém com boas dicas e/ou segredos nesta arete para partilhar?


Projecto herbs/spices do françês Pascal Charmolu para a sueca sagaform

(Estes vasos são mesmo bonitos, não são? Achoq ue vale a pena comprá-lo nem que seja para dar-lhe outra função.)